Livro: “O Penta ficou para depois – Cultura, identidades e mídias brasileiras na Copa do Mundo de 1998”.

capa do livro o penta ficou para depois cultura identidades e midias brasileiras na copa do mundo de 1998
Ano de publicação: 2020. Autor: Iugh Mattar. Editora: Publicação Independente. ISBN: 9786500077339. Páginas: 232. Sinopse: “A Copa do Mundo de Futebol de 1998 foi a edição chave na história da competição ao ser um evento esportivo midiático de massa com estreia da internet em mundiais, inserindo o torneio em um processo de globalização e de expansão do mercado econômico no futebol. Ao mesmo tempo essa competição teve um dos maiores enigmas da história do futebol brasileiro, a convulsão do Ronaldo na final contra a França. O livro escrito por Iugh Mattar elabora em um primeiro tempo, um traçado de narrativas midiáticas que constrói o torneio como um repositório de negócios, de interrelações culturais globais, econômicas e políticas, de guerra, de rituais e de paz entre os atores sociais. Em um segundo tempo, a narrativa se desenvolve colocando em jogo as identidades brasileiras inseridas na disputa do que significa ser brasileiro, elaboradas pelos atores da imprensa ao longo da reconstituição da preparação da seleção brasileira que antecedeu o torneio e dos jogos do Brasil em cada etapa da competição até chegar à final. Nos acréscimos, entendemos melhor o enigma da última partida que resultou em um processo judicial midiático instaurado, o qual o herói Ronaldo e a Nike vista na caricatura “multinacional imperialista” foram os personagens principais postos no tribunal da história.”.

A indicação de hoje vai para esta obra escrita pelo carioca Iugh Mattar, criador e produtor de conteúdo do Futebol Coruja, historiador e mestre em história, que utilizou a sua dissertação como base para o livro!

É bastante curioso como mesmo após toda a polêmica em torno do vice-campeonato da seleção canarinho diante da França, – que envolve a convulsão do Fenômeno, a CPI CBF/Nike na Câmara dos Deputados e muito “disse-me-disse”-, poucas obras exploraram o tema.

Preenchendo essa lacuna, já histórica, dos livros de futebol: a Copa do Mundo da França de 1998, a publicação foi lançada de forma independente, contando com o apoio de colaboradores e entusiastas, numa vaquinha virtual, para que as 232 páginas pudessem se tornar realidade! O prefácio fica por conta do professor e escritor: Bernardo Buarque de Hollanda.

Apesar de ter sido um texto pensado e estruturado inicialmente, para o meio acadêmico, a escrita é simples de ler e entender, facilitando a compreensão do significado das Copas do Mundo e do contexto histórico do ano de 1998, através de uma análise midiática!

Vamos por mais!

Para aquisição da obra, entre em contato via WhatsApp:

(71) 9 8760-5501 – Leo Lyra.

P.S.: Aproveito para agradecer ao autor, Iugh Mattar, que gentilmente me enviou um exemplar autografado do livro, que agora tem lugar de destaque na minha biblioteca! Valeu!

Categorias Indicação

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close