Lista de livros sobre: Direitos de transmissão de campeonatos de futebol.

lista de livros sobre Direitos de transmissao de campeonatos de futebol

Fala, galera!

Esse é mais um, dentre vários textos, onde irei reunir os principais livros nacionais e internacionais sobre temas relacionados ao futebol! A ideia é ajudar os profissionais que já trabalham na área, os que pretendem trabalhar, os estudantes e os pesquisadores.

Conheço bem as dificuldades de encontrar os livros sobre o esporte bretão no nosso país, e espero poder contribuir para melhorar esse cenário!

Nos últimos dias, a discussão sobre os direitos de transmissão de partidas e campeonatos de futebol, ganhou destaque novamente nos noticiários brasileiros. Como o debate ganhou muita notoriedade, estamos vendo cada vez mais opiniões sendo dadas e o posicionamento se faz mais que necessário, venho então, dar a minha contribuição, para essa polêmica que parece estar apenas começando.

Além dos livros impressos, no Brasil e no exterior, já foram produzidos muitos artigos, monografias, dissertações, teses, relatórios, reportagens, e-books, vídeos, DVDs e VHSs, por excelentes profissionais, que poderão auxiliar o seu trabalho!

Finalizo, então, fazendo um pedido: escrevam sobre os direitos de transmissão de campeonatos de futebol! Em outras línguas, como o inglês, é maior o número de obras lançadas e isso ajuda demais aos seus respectivos países. Vamos unir forças e ajudar a alavancar o esporte brasileiro!

Enfim é chegada a grande hora! Os principais livros impressos sobre o tema (por ordem do ano de lançamento), são:

Os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol.
capa do livro os direitos de transmissao do campeonato brasileiro de futebol
Ano: 2019.
Autor: Anderson David Gomes dos Santos.
Editora: Appris.
ISBN: 9788547326395.
Páginas: 357.
Sinopse: “”Por que o meu time não tem jogo transmitido?”. “Por que eu tenho que assistir às transmissões do futebol brasileiro num só canal?”. Afinal, como uma emissora conseguiu deter tamanho poder sobre o programa futebol no Brasil mesmo com concorrentes estrangeiros em outras mídias? Essas dúvidas são comuns em rodas de conversas de torcedores brasileiros neste século e Os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol busca apresentar os motivos. Traça-se aqui a construção histórica a partir do caso do Campeonato Brasileiro de Futebol, tendo em vista o período de 1971 a 2018, em que se destaca a relação entre os grupos midiáticos de comunicação e o principal torneio de futebol realizado no país. A obra propõe-se a relatar essa relação enfatizando, especialmente, quatro momentos: a realização da Copa União em 1987; a cessão dos direitos de transmissão a partir do Campeonato Brasileiro de 1997; os novos acordos que surgem em 2011 depois do Termo de Cessação de Conduta entre Grupo Globo, Clube dos Treze e CBF; e a disputa entre Globo e Esporte Interativo para os direitos a partir de 2019. A decisão de um órgão dedicado a evitar problemas na concorrência do setor econômico, o Cade, poderia ter regularizado o mercado brasileiro de aquisição de direitos de transmissão de eventos esportivos, mas acaba mudando para pior o modelo de negócio, com o fim da centralização da oferta e a implosão da associação de clubes. Novos efeitos vieram dois contratos depois, gerando resultados contrários ao mesmo Grupo Globo que atuou pelas alterações anteriores. Nesse espaço, o Esporte Interativo inaugura uma concorrência responsável por mudar a distribuição de valores dos meios de comunicação, mas abre a possibilidade de um “apagão do Brasileirão”, com partidas sem poderem ser transmitidas. Este livro, assim, atenderá ao interesse dos torcedores de futebol, que buscam cada vez mais entender a importância dos recursos dos meios de comunicação para os clubes; assim como para os pesquisadores, que veem uma análise do ponto de vista econômico, mas na perspectiva crítica da Economia Política da Comunicação.”.

– Cotas de televisão do Campeonato Brasileiro: “Apartheid Futebolístico e risco de “Espanholização”.
capa do livro cotas de televisao do campeonato brasileiro apartheid futebolistico e risco de espanholizacao
Ano: 2015.
Autor: Emanuel Leite Jr.
Editora: Edição do autor.
ISBN: 9788581653419.
Páginas: 120.
Sinopse: “Atualmente, existem dois modelos distintos e antagônicos para as negociações dos direitos de transmissão televisiva e a distribuição dos recursos advindos destas vendas entre os principais campeonatos nacionais de futebol da Europa e o Campeonato Brasileiro. De um lado, há os exemplos de ligas que decidiram negociar de modo coletivo e adotar um modelo igualitário na divisão dos recursos, como é o caso da Premier League (Inglaterra), Bundesliga (Alemanha) e Ligue 1 (França). Mais recentemente, Serie A (Itália) e La Liga (Espanha) seguiram o mesmo modelo. Em ambos os casos, entretanto, foram necessárias intervenções dos respectivos governos nacionais (Estado) para que se implementasse um modelo coletivo de negociação e se regulamentasse uma divisão que buscasse a preservação da isonomia competitiva através de uma distribuição mais equânime. No Brasil, até 2011, os direitos de transmissão televisiva do Campeonato Brasileiro eram negociados pelo Clube dos Treze, uma entidade privada, que concentrava os recursos sob os interesses de seus associados. Situação que criava, então, um pequeno e privilegiado grupo de elite (um “clube de ricos”, como diria Noam Chomsky). Situação que gerava brutal desigualdade. Fazendo surgir o que Leite Júnior definiu como “apartheid futebolístico”. Entretanto, após o imbróglio envolvendo as negociações dos contratos referentes ao período de 2012-2014, o Clube dos Treze viu parte de seus associados boicotarem a negociação coletiva imposta pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), uma vez que Globo e C13 haviam firmado acordo (Termo de Compromisso de Cessação – TCC) para que fosse encerrada uma investigação por formação de cartel, referente a contrato de 1997-1999. Os clubes partiram, então, para negociações individuais com a Rede Globo – modelo que tende a concentrar o poder nas mãos de poucos clubes, no caso brasileiro, com maior ênfase, em Flamengo e Corinthians. O modelo de negociação individual também é adotado no futebol português. A experiência portuguesa tem demonstrado – como nos últimos contratos celebrados por Benfica, Porto e Sporting – que este modelo tende a aprofundar as desigualdades entre os clubes. A partir destes estudos comparados e tendo como base referências teóricas que fundamentam o Estado Democrático de Direito e a garantia da equidade, “Cotas de televisão do Campeonato Brasileiro” busca compreender qual dos modelos de negociação das vendas dos direitos de transmissão e distribuição dos recursos se aproxima mais dos ideais da Isonomia, princípio basilar do sistema democrático, e da “justiça como equidade” como preconizada por John Rawls. O material deste livro serviu de base para a fundamentação e justificação dos projetos de lei 7681/14 e 755/15, que objetivavam regulamentar a questão dos direitos de TV no futebol brasileiro.
“.

– Gestão do Campeonato Brasileiro de Futebol: Economia, Política, Mídia e TV.
capa do livro gestao do campeonato brasileiro de futebol economia politica midia e tv
Ano: 2015.
Autor: Rômulo Meira Reis.
Editora: Prismas.
ISBN: 9788568274026.
Páginas: 230.
Sinopse: “
O Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A disputado no sistema de pontos corridos tem sido considerado um evento de grande porte e um rentável negócio para patrocinadores, fabricantes de bens de consumo, anunciantes e entidades ligadas ao futebol em geral. Para dar suporte a este campeonato de escala nacional, existe um sistema organizacional próprio administrado pela Confederação Brasileira de Futebol CBF e operacionalizado pelas Federações Estaduais de Futebol e clubes participantes. Este livro busca apresentar e discutir a coexistência das variáveis política, sociocultural, legal ou jurídica, econômica, mercadológica e mídia e TV, que de forma sinergética constroem e influenciam nas tomadas de decisão desta competição. As múltiplas interferências que essas variáveis promovem foram o foco deste trabalho investigando o processo de construção da gestão esportiva do campeonato brasileiro da Série A. Entrevistados importantes dentro do cenário esportivo nacional e mundial como o Presidente de Honra da FIFA João Havelange foram decisivos para apresentar informações dos bastidores da gestão, que em sua maioria dificilmente cairiam em domínio público. A gestão do esporte merece ser destacada como uma ferramenta fundamental para que todas as nuances que envolvem a competição sejam alavancadas a partir das reflexões sobre os processos de rupturas e continuidades que coexistem dentro do futebol. Assim, compreender sua dinâmica interessa a todos os envolvidos, desde o torcedor ao cartola. Os resultados apresentados no decorrer do livro instigam o leitor a desenvolver a necessária criticidade sobre um tema culturalmente enraizado no Brasil, o futebol, mas agora em uma ótica alicerçada pela criteriosa análise técnico-científica, deixando de lado a passionalidade e até mesmo o esoterismo tão presente quando se fala em futebol brasileiro.”.

– Futebol e mídia: Perfil dos direitos de transmissão televisivos no mundo – Como o dinheiro televisivo influencia os campeonatos de futebol de futebol no Brasil e no mundo.
capa do livro futebol e midia perfil dos direitos de transmissao televisivos no mundo como o dinheiro televisivo influencia os campeonatos de futebol no brasil e no mundo
Ano de publicação: 2015.
Autor: Alexandre Ribeiro do Valle Nogueira.
Editora: Novas Edições Acadêmicas.
ISBN: 9783841703880.
Páginas: 128.
Sinopse: “Este livro analisou os direitos de transmissão televisiva aplicados no futebol brasileiro e mundial. Em busca de dados e informações, recorremos a autores como Antônio Carlos Aidar e Ronaldo Helal; e a jornalistas que pesquisam direitos de transmissão e marketing esportivo, como Paulo Vinícius Coelho e Eric Betting. Por fim, realiza-se uma pesquisa de mercado, comparando-se os valores pagos pelos direitos de transmissão nos campeonatos argentino, inglês e brasileiro. A metodologia empregada para alcançar os objetivos desse livro foi basicamente a coleta de dados/informações acerca do tema. Além disso, foram realizadas entrevistas com especialistas. Conclui-se que os clubes brasileiros, quando negociam individualmente com a TV Globo, contrariam a racionalidade econômica, pois acabam vendendo seu produto a um preço mais baixo do que se fosse adotada uma venda em conjunto com os demais clubes. A negociação coletiva e a divisão mais equilibrada, que respeite a isonomia, já estão presentes em grandes ligas europeias, apesar das exceções da liga Espanhola e do campeonato Português. Esse livro é indicado para quem gosta de futebol e quer saber mais detalhes econômicos desse esporte.”.

– 25 anos de televisão via satélite.
capa do livro 25 anos de televisao via satelite
Ano de publicação: 1997.
Autor: José de Almeida Castro.
Editora: Edipromo.
ISBN: 9788573690217.
Páginas: 240.
Sinopse: “Fundada em 19 de Março, na cidade do México, por delegados de emissoras de televisão de sete países da América Latina e da Espanha, a OTI – Organização da Televisão Íbero-Americana – celebrou seu 25º aniversário em 1996, tendo em seus quadros sócios ativos, a esmagadora maioria dos canais de televisão que transmitem regularmente programas em idioma português e espanhol, em todo o mundo, cobrindo um universo de mais de 600 milhões de telespectadores. A história de sua fundação, o jogo de interesses das emissoras, a importância do aparecimento dos satélites de comunicação e os esforços de alguns dirigentes de canais de televisão nas Américas e na Espanha para superar desconfianças e reunir esforços para o aprimoramento tecnológico são os ingredientes da história deste livro. “.

P.S.: Caso você se interesse em comprar alguma das obras aqui citadas, tenha alguma sugestão, reclamação ou interesse em mais informações, favor enviar um e-mail para:

literaturaefutebol@outlook.com.br

ou uma mensagem no WhatsApp:

(71) 98760-5501 [Leo Lyra].

P.P.S.: Aproveito para ratificar que as sinopses foram escritas pelas editoras e/ou autores dos livros, não expressando necessariamente a minha opinião pessoal sobre a obra.

P.P.P.S.: Confira também a nossa lista de livros sobre Clube Empresa:

Clique aqui!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close