Lista de biografias e livros de: Juca Kfouri.

lista de biografias e livros de juca kfouri

Fala, galera!

Esse é mais um, dentre vários textos, onde irei reunir todos os livros escritos por e sobre grandes personagens envolvidos no futebol! A ideia é ajudar os profissionais que já trabalham na área, os que pretendem trabalhar, os estudantes e os pesquisadores, e claro, valorizar aqueles que escrevem sobre o nosso esporte bretão!

Conheço bem as dificuldades de encontrar os livros sobre futebol no nosso país e, espero poder contribuir para melhorar esse cenário!

José Carlos Amaral Kfouri, nascido em São Paulo-SP, dia quatro de março de 1950, figura entre os maiores jornalistas esportivos da história do Brasil, tendo ganhado notoriedade e reconhecimento graças aos seus trabalhos desenvolvidos com sucesso em praticamente todas as áreas do jornalismo esportivo: SBT, Globo, ESPN, Cultura, RedeTV!, Placar, Playboy, CBN, Folha de São Paulo, O Globo, UOL, entre outros. E ah: é pai do também jornalista esportivo André Kfouri!

Além dos livros impressos, no Brasil e no exterior, escritos sobre e por ele, já foram produzidos muitos artigos, monografias, dissertações, teses, entrevistas, notícias, matérias, reportagens, e-books, vídeos, DVDs e VHSs, por excelentes profissionais, que poderão auxiliar, e muito, o seu aprofundamento sobre o trabalho do Juca!

Finalizo, então, fazendo um pedido: escrevam sobre os nossos jornalistas! Em outras línguas, como o inglês, é maior o número de obras lançadas e isso ajuda demais aos seus respectivos países. Vamos unir forças e ajudar a alavancar o futebol brasileiro!

Enfim, é chegada a grande hora! Os principais livros impressos (por ordem do ano de lançamento), escritos por e sobre o nosso querido Juca Kfouri, são:

– Analítica da Midiatização Esportiva: Estratégias discursivas das colunas/istas Juca Kfouri e Tostão sobre a Copa do Mundo de 2014 na Folha de S. Paulo.
capa do livro analitica da midiatizacao esportiva estrategias discursivas das colunas istas juca kfouri e tostao sobre a copa do mundo de 2014 na folha de s paulo
Ano: 2019.
Autor: Gilson Piber.
Editora: Appris.
ISBN: 9788547328603.
Páginas: 171.
Sinopse: “Esta obra examina a analítica da midiatização esportiva, por meio das estratégias discursivas das colunas redigidas por Juca Kfouri e Tostão sobre a Copa do Mundo de 2014 no jornal Folha de S.Paulo. O autor dimensiona a importância dos estudos sobre midiatização associada às diferentes práticas sociais que funcionam no âmbito da organização social e como ela afeta, especificamente, as práticas jornalísticas, de acordo com o trabalho de várias operações tecno-discursivas. Ainda enfatiza a coluna, que é uma das instâncias do ambiente do jornal, por meio do qual se dão também operações de midiatização do jornalismo. A análise resulta que a analítica ocorre em torno de marcas de enunciação e de estratégias discursivas, realizadas pelo trabalho das colunas/colunistas no complexo universo do jornalismo. Entende-se, portanto, a analítica da midiatização como modos de dizer, apontar e avaliar um determinado acontecimento na perspectiva e iniciativa de sujeitos. O livro volta-se para o interesse dos vorazes leitores das colunas. Nesse caso, o estudo do autor ajuda-os a elegerem pistas de como ler as colunas segundo outras “chaves de leitura”, que vão além dos preconceitos e das preferências pessoais, esportivas e clubísticas. Em segundo lugar, para leitores que estudam o funcionamento dos discursos sociais, como os de natureza jornalística, e que estão situados em diferentes “janelas” de disciplinas e áreas de conhecimentos. Especificamente, os pesquisadores, estudantes em comunicação e analistas das discursividades jornalísticas.”.

– Juca Kfouri: Confesso que perdi – Memórias.
capa do livro confesso que perdi
Ano: 2017.
Autor: Juca Kfouri.
Editora: Companhia das Letras.
ISBN: 9788535929737.
Páginas: 248.
Sinopse: “Em quase cinquenta anos de atuação como jornalista, Juca Kfouri acompanhou de perto, como observador ou participante (e muitas vezes as duas coisas), experiências fundamentais do mundo da política, da cultura e do esporte. O saldo é uma inescapável sensação de derrota, compartilhada nas memórias que o autor registra em Confesso que perdi. Juca cobriu todas as Copas do Mundo desde 1982, e já havia participado indiretamente da cobertura das Copas de 1970, 1974 e 1978. À frente da revista Placar, foi responsável por desvendar e denunciar a chamada “máfia da loteria esportiva”, e por memoráveis capas como a que trazia seu amigo Sócrates posando como “O pensador”, de Rodin. Na Playboy, revista que também dirigiu, Juca publicou entrevistas e reportagens notáveis, como a que revelou a identidade do desenhista Carlos Zéfiro, um segredo que durava mais de trinta anos: tratava-se do funcionário público Alcides Caminha, parceiro de Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito. Tendo se oposto à construção do Itaquerão, o corintiano Juca estava no meio da torcida na fatídica noite de 1977, quando o time quebrou o jejum de mais de vinte anos sem títulos. “Não sei como, fui parar no gramado do Morumbi, com uma bandeira na mão, bandeira que não levara ao estádio e não me recordo de ter comprado”, lembra, sem lembrar. É com a sinceridade de quem sabe que a memória é traidora que o autor nos oferece essas deliciosas confissões de derrota.”.

– Ataque e Contra-Ataque: O jornalismo esportivo na perspectiva de duas trajetórias profissionais.
capa do livro ataque e contra ataque o jornalismo esportivo na perspectiva de duas trajetorias profissionais
Ano: 2016.
Autor: Edney Mota Almeida.
Editora: Hucitec.
ISBN: 9788584040315.
Páginas: 268.
Sinopse: “Ataque e Contra-Ataque, de Edney Mota Almeida, narra a trajetória do jornalismo esportivo brasileiro por meio da análise criteriosa de duas trajetórias profissionais que, na verdade, sintetizam dois modelos de jornalismo. De um lado o jornalismo ancorado na propaganda comercial, cuja figura de Milton Neves é simbólica. De outro o jornalismo de convicção, não comprometido com o mercado, sintetizado em Juca Kfouri.”.

– No blog do Juca Kfouri: A poesia do futebol – Seleção de crônicas publicadas no blog esportivo mais acessado do Brasil.
capa do livro no blog do juca kfouri a poesia do futebol selecao de cronicas publicadas no blog esportivo mais acessado do brasil
Ano: 2012.
Autor: Roberto Vieira.
Editora: Maquinária.
ISBN: 9788562063350.
Páginas: 128.
Sinopse: “Roberto Vieira é um médico oftalmologista. Cuida da visão dos seus pacientes e agora nos traz um novo olhar sobre o futebol. Ao longo de anos, ganhou espaço no Blog do Juca e juntou de crônicas que se encontram reunidas neste livro.”.

– Por que não desisto: Futebol, dinheiro e política.
capa do livro por que nao desisto futebol dinheiro e politica 1
Ano: 2009.
Autor: Márcio Kroehn.
Editora: Disal.
ISBN: 9788578440275.
Páginas: 148.
Sinopse: “Quais são os benefícios de uma Copa do Mundo no Brasil Por que o torneio mais popular entre as seleções do planeta está com os dias contatos. O que motiva o país a se interessar, com tanta dedicação, a sediar os Jogos Olímpicos. Quem é capaz de dirigir um clube de futebol com inteligência, transparência e seriedade? Juca Kfouri divide as respostas com você neste Por Que Não Desisto – Futebol, Dinheiro e Política, um livro que Tostão apresenta como indispensável. O autor concilia a beleza do esporte dentro de seu tempo regulamentar com os bastidores regados a negociatas e politicagem. Essa mistura contém muitos e antigos vícios, que permanecem atuais como se tivessem acontecido ontem. É para se deliciar com essa tabelinha que Juca Kfouri quer trocar especialmente com você, leitor.”.

– Juca Kfouri: O Militante da Notícia.
capa do livro o militante da noticia
Ano: 2006.
Autor: Carlos Alencar.
Editora: Imprensa Oficial.
ISBN: 9788570603562.
Páginas: 212.
Sinopse: “”O traço marcante na trajetória de José Carlos Amaral Kfouri é o seu engajamento na busca da verdade. Integral, tanto na esfera pessoal como na profissional. Tanto na especialidade em que se tornou célebre – o jornalismo esportivo – como no jornalismo político ou na defesa do jornalismo em si, esteio do processo democrático” (Alberto Dines). Este livro conta como foi a trajetória de Juca Kfouri que de ativista político em organizações de esquerda nos anos 60 passou a militante da notícia: investigando fatos, buscando a verdade, participou ativamente de alguns dos principais momentos da vida política e do esporte nacional.”.

– O Passe e o Gol.
capa do livro o passe e o gol
Ano: 2005.
Autores: Juca Kfouri e Eduardo Albini.
Editora: Papagaio.
ISBN: 9788588161146.
Páginas: 32.
Sinopse: “Os irmãos gêmeos são tudo de bom. Amigos, companheiros, sempre juntos para o que der e vier. Só existe uma situação entre eles em que o tempo fecha: quando a bola rola. Aí não tem acordo. Um gosta do passe, o outro gosta do gol. Até que um dia, naquela cidade de nome bem diferente, são convocados para jogar na seleção da escola. Vão disputar um campeonato. Os dois do mesmo lado, no mesmo time, o Preto e Branco Futebol Clube. Será que vai dar encrenca?”.

– Cartão vermelho: Os bastidores do esporte.
capa do livro cartao vermelho os bastidores do esporte
Ano: 2004.
Autores: Juca Kfouri, José Trajano, Sócrates, Rosa Branca, Amir Klink, Eder Jofre, Magic Paula, Maria Lenk e Ademir da Guia.
Editora: Lazuli.
ISBN: 8589052273.
Páginas: 108.
Sinopse: “Uma gigantesca indústria desenvolveu-se em torno do esporte. Somas milionárias são movimentadas com patrocínios, contratos e transmissões televisivas para o mundo inteiro. Esportistas são elevados à categoria de celebridades e sua vida é exposta na mídia. A exigência da quebra de recordes e da sucessão inesgotável de títulos, além de impor a homens e mulheres cobrança desmedida, ainda equipara seus corpos a “máquinas” de carne e osso. Amir Klink, Ademir da Guia, Magic Paula, Juca Kfouri, Sócrates, Eder Jofre, José Trajano, Maria Lenk e Rosa Branca abordam as glórias, as dificuldades e as contradições que envolvem os bastidores da prática esportiva.”.

– Meninos eu vi…
capa do livro meninos eu vi
Ano: 2003.
Autor: Juca Kfouri.
Editora: DBA Lance!.
ISBN: 9788572342698.
Páginas: 127.
Sinopse: “Juca Kfouri dispensa apresentação. Um dos mais combativos jornalistas do país, mostra neste livro uma nova faceta: a do memorialista. São 50 deliciosas histórias, fruto de um observador, acima de tudo, apaixonado pelo futebol. Meninos, eu vi… um gol inesquecível de Pelé no Pacaembu acabar numa chuva de bagaços de laranja no menino corintiano que corajosamente aplaudiu a façanha: a misteriosa tia libanesa que assistia à Copa de 70 repetindo sempre a mesma ladainha, “Esse Tostão… não sei, não…”; Garrincha sair consolando o seu carrasco, expulso por não querer ser mais um João…” Meninos, eu vi… reúne crônicas bem-humoradas e comoventes de uma seleção de craques e personagens fascinantes.”.

– Os Reis do Futebol.
capa do livro brasil os reis do futebol
Ano: 2003.
Autores: Nilton Santos, Amarildo, Ruy Castro Juca Kfouri e Marcos Augusto Gonçalves.
Editora: DBA Lance!.
ISBN: 9788572342698.
Páginas: 127.
Sinopse: “O livrão ilustrado com 100 fotos históricas traz a história da conquista das cinco Copas do Mundo pelo Brasil publicado pela Lance! Editorial. As cinco Copas são contadas por Nilton Santos, Amarildo, Ruy Castro, Juca Kfouri e Marcos Augusto Gonçalves.”.

– Corinthians: Paixão e glória – Edição atualizada com os títulos paulistas de 97, 99, 2001, brasileiros de 98 e 99, Rio-São Paulo e Copa do Brasil de 2002 e, é claro, o mundial de 2000.
capa do livro corinthians paixao e gloria edicao atualizada com os titulos paulistas de 97 99 2001 brasileiros de 98 e 99 rio sao paulo e copa do brasil de 2002 e e claro o mundial de 2000
Ano: 2002.
Autor: Juca Kfouri.
Editora: DBA.
ISBN: 9788572342506.
Páginas: 142.
Sinopse: “’Corinthians – Paixão e Glória’, tem caráter apaixonado, romântico, emocional, com base nas recordações do autor, o jornalista Juca Kfouri, um assumido corinthiano, da trajetória alvinegra. Fartamente ilustrado por cerca de 180 fotos em cores e preto e branco, o livro foi concebido para contar as histórias de um dos clubes mais populares do Brasil do ponto de vista de um torcedor; no caso, o corinthiano roxo Juca Kfouri. São memórias mescladas de fatos e emoção, onde são relembrados os principais momentos do clube. São relembrados e homenageados ainda os jogadores que encarnam a mística corinthiana e que fez com que São Jorge fosse o santo escolhido como padroeiro do clube pelo seu espírito guerreiro. Garra e espírito de luta é o que não faltam aos jogadores do Timão. Craques como Amílcar, Del Debbio, Servílio, Cláudio, Luizinho, Rivelino, Sócrates, Casagrande, Marcelinho Carioca, Ricardinho, Dida, entre outros, marcaram época e deixaram saudades.”.

– A emoção Corinthians.
capa a emocao corinthians
Ano: 1983.
Autor: Juca Kfouri.
Editora: Brasiliense.
ISBN: Não Encontrado.
Páginas: 77.
Sinopse: “O jornalista Juca Kfouri, corintiano de coração, coloca no papel toda a sua paixão e emoção pelo Sport Club Corinthians Paulista, contando histórias que lhe são especiais.”.

P.S.: Caso você tenha interesse em comprar alguma das obras aqui citadas, tenha alguma sugestão, reclamação, indicação ou interesse em mais informações, favor enviar um e-mail para:

literaturaefutebol@outlook.com.br

ou uma mensagem no WhatsApp para:

(71) 9 8760-5501 – Leo Lyra.

P.P.S.: Aproveito para ratificar que as sinopses foram escritas pelas editoras e/ou autor dos livros, não expressando necessariamente a minha opinião pessoal sobre a obra.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close