Livros que todo torcedor do Atlético-Mg deveria ler!

Dando sequencia as postagens nas quais listarei os principais livros dos 20 times da série A do Campeonato Brasileiro 2018 e de seus grandes personagens, por ordem alfabética, o segundo é o: Atlético Mineiro.

Escudo Atlético Mineiro

Fundado na cidade de Belo Horizonte, em 25 de março de 1908, o Clube Atlético Mineiro, tem um Galo como mascote, uma das maiores torcidas do Brasil e manda os seus jogos na Arena Independência e no Estádio Mineirão.

Os principais livros sobre o clube e seus grandes personagens, são:

– Atlético Mineiro – Raça e amor.
atleticorac3a7aeamor.png
Ano de publicação: 2005.
Autor: Ricardo Galuppo.
Editora: Ediouro.
Páginas: 208.

– Sempre acreditamos – Os três anos que mudaram a história do Atlético.atleticomgsempre.png
Ano de publicação: 2015.
Autor: Paulo Henrique Silva.
Editora: Letramento.
Páginas: 520.

– Os dez mais do Atlético Mineiro.

Ano de publicação: 2012.
Autor: Eduardo Murta.
Editora: Maquinária.
Páginas: 176.

– A américa é do Galo: Atlético campeão da Libertadores 2013.
Ano de publicação: 2013.
Autor: Caio Ducca.
Editora: Magma Cultural.
Páginas: 192.

– Nosso time é imortal.
atleticonossotimeeimortal
Ano de publicação: 2017.
Autores: Paulo Henrique Silva e Júlio Ferreira.
Editora: Grupo Editorial Letramento.
Páginas: 16.

– Atleticano de corpo e alma.

Ano de publicação: 2015.
Autores: Eduardo Rodriguez.
Editora: GM3.
Páginas: 192.

– À meia noite, no Horto.
americaameianoitenohorto
Ano de publicação: 2013.
Autor: Textos: impedimento.org / Fotos: Daniel Teobaldo.
Editora: ImpedLibros.
Páginas: 184.

– América terreirão do galo.

Ano de publicação: 2013.
Autores: Renato Zanata e Lindson Brum.
Editora: Multifoco.
Páginas: 168.

– O milagre do horto.

Ano de publicação: 2016.
Autores (Organizadores): André Fidusi, Fernando Gregori e Frederico Jota.
Editora: Coletivo.
Páginas: 144.

– Eu acredito! : Atlético campeão da Libertadores 2013.

Ano de publicação: 2013.
Autor (Organizador): Rádio Itatiaia.
Editora: Pandabooks.
Páginas: 48.

– O Atleticano vai ao paraíso.

Ano de publicação: 2013.
Autor: Fred Melo Paiva.
Editora: Edição do autor.
Páginas: 200.

– O dia em que me tornei… Atleticano.
atleticoodiaquemetornei
Ano de publicação: 2008.
Autor: Fred Melo Paiva.
Editora: Pandabooks.
Páginas: 104.

– Nós acreditamos! – Campeão Libertadores 2013.

Ano de publicação: 2013.
Autores: Leonardo Bertozzi, Mário Marra e Mauro Beting.
Editora: BB.
Páginas: 260.

– O time do meu coração: Clube Atlético Mineiro.

Ano de publicação: 2008.
Autor: Amir Mattos.
Editora: Leitura.
Páginas: 96.

– Uma paixão em preto e branco – Atlético 100 anos.

Ano de publicação: 2007.
Autor: Roberto Drummond.
Editora: Leitura.
Páginas: 167.

– Preto no branco – Ensaios sobre o Clube Atlético Mineiro.

Ano de publicação: 2007.
Autor: Alexandre Freire .
Editora: Edição do autor.
Páginas: 204.

– Galo: Uma paixão centenária.
atleticogaloumapaixaocentenaria.png
Ano de publicação: 2007.
Autores: Eduardo Murta, Alexandre Simões, Frederico Jota e Eugênio Sávio.
Editora: Gutenberg.
Páginas: 192.

– 1971: O Ano do Galo.

Ano de publicação: 2012.
Autor: Marcelo Baêta.
Editora: Panda Books.
Páginas: 184.

– Enciclopédia Atlético de todos os tempos.
atleticoenciclopediadetodosostempos.jpg
Ano de publicação: 1997.
Autor: Adelchi Leonelo Ziller.
Editora: Edição do autor.
Páginas: 200.

– Era Jesus Cristo atleticano?

Ano de publicação: 2015.
Autor: Vinicios Leoncio.
Editora: Futuro.
Páginas: 143.

– Raça e amor – A saga do Clube Atlético Mineiro vista da arquibancada.
Ano de publicação: 2003.
Autor: Ricardo Galuppo.
Editora: Dorea Books.
Páginas: 173.

– Forte e vingador.

Ano de publicação: 2018.
Autor: Imar Eduardo Rodrigues.
Editora: Loja de ideias.
Páginas: 352.

– Meu pequeno atleticano.

Ano de publicação: 2010.
Autores: Wilson Sideral e André Fidusi.
Editora: Belas Letras.
Páginas: 24.

– Vencer! Vencer! Vencer! – A história do meu time do coração.

Ano de publicação: 2008.
Autor: Eduardo de Ávila.
Editora: Leitura
Páginas: 20.

– Uma vez até morrer!

Ano de publicação: 2014.
Autor: Rodrigo Pagani Rocha.
Editora: Edição do autor.
Páginas: 343.

– Punho cerrado: A história do Rei.

Ano de publicação: 2016.
Autor: Philipe Van R. Lima.
Editora: Letramento.
Páginas: 308.

– Reinaldo do Atlético Mineiro.

Ano de publicação: 2003.
Autor (Organizador): Luis Carlos Lisboa.
Editora: Rio.
Páginas: 90.

– O menino Rei.
atleticoomeninorei
Ano de publicação: 2016.
Autores: Eduardo de Ávila, Filipe Assumpção Soares e Philipe Van R. Lima.
Editora: Grupo Editorial Letramento.
Páginas: 16.

– José Reinaldo Lima – Que Rei sou eu?

Ano de publicação: 1998.
Autor: Márcio Vianna.
Editora: Edição do autor.
Páginas: 160.

– Dadá Maravilha.

Ano de publicação: 1999.
Autor: Lúcio Flávio Machado.
Editora: Del Rey.
Páginas: 223.

– Rei Dadá Maravilha.
atleticoreidadamaravilha
Ano de publicação: 1988.
Autor: D. P. Cameron.
Editora: Edilap.
Páginas: 96.

– Lôla ainda é meu nome.

Ano de publicação: 2010.
Autor: Cristina Correa.
Editora: Imprensa da fé.
Páginas: 310.

P.S.: Caso você se interesse em comprar alguma das obras aqui citadas, tenha alguma sugestão, reclamação ou interesse em mais informações, favor enviar um e-mail para:

literaturaefutebol@outlook.com.br

ou uma mensagem no WhatsApp:

(71) 98760-5501 [Leo Lyra].

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close